9

SEX AND THE CITY 2

Posted by Clenio on 10:53 in

A crítica caiu matando, mas vamos e venhamos; quem vai assistir a "Sex and the city 2" para prestar atenção em movimentos de câmera, elocubrações psicológicas complexas, preocupações sociais e/ou atuações densas provavelmente deveria esperar o Festival Varilux de Cinema Francês que começa no próximo dia 03 de junho - e que, entre outros filmes que prometem, deverá apresentar o esperado (pelo menos por mim) "O profeta". O fato é que a segunda parte das aventuras cinematográficas de Carrie Bradshaw (agora Preston) e suas amigas é um filme feito única e exclusivamente para fãs de extinta e saudosa série de TV e, como tal, é um presente luxuoso e vistoso. Pode não ter profundidade, mas será que mulheres que se derretem ao ver uma bolsa Birkin ou uma roupa Dior estavam preocupadas com isso quando compraram seus ingressos?

Antes que as feministas reclamem do sexismo da afirmação acima é preciso que elas assistam ao filme. Poucas vezes o cinema foi tão, mas tão mulherzinha quanto em "SATC 2". Closes de corpos masculinos sarados, homens viris e sedutores, figurinos extravagantes, situações românticas/sentimentais/sexuais vistas pelo âmbito feminino são os ingredientes aqui. Tudo bem, também o eram na série, mas menos exagerados do que aqui. A boa notícia é que, pra quem gosta do gênero em geral e da série em particular não há nada do que reclamar (talvez apenas da cara feia dos namorados, que provavelmente vão detestar cada um dos 146 minutos de sua duração).

Para quem assistia à série e correu aos cinemas para ver o primeiro filme sabe como a história começa: Carrie (Sarah Jessica Parker) está casada há dois anos com o grande amor de sua vida, Mr. Big, já denominado corretamente de John Preston (Chris Noth) e passa por um período de tédio em seu relacionamento; Samantha (Kim Cattrall, surpreendentemente a mais rejuvenescida do filme) está no período da menopausa, engolindo hormônios como se fossem feijão e buscando a libido perdida; Miranda (Cynthia Nixon) está em crise profissional e pede demissão; e Charlotte (Kristin Davis) finalmente está começando a perceber que a vida doméstica não é tão cor-de-rosa quanto ela imaginava, além de sofrer com a possibilidade de ver a babá de suas filhas seduzindo seu marido. No meio de todos esses tormentos, quando surge a oportunidade de todas elas viajarem - com tudo pago - para o Oriente Médio, elas não pensam duas vezes e embarcam para um merecido descanso de uma semana. Lá, em meios ao exotismo de uma nova cultura - cuja gritante diferença com o Ocidente proporciona algumas ótimas piadas -, Carrie dá de cara com Aidan (John Corbett), seu ex-namorado, que a balança novamente.

Assim como aconteceu na primeira parte cinematográfica da saga de Carrie e suas comparsas, "SATC 2" é um episódio bastante alongado da série. Está tudo aqui; o humor politicamente incorreto, o luxo e o glamour dos figurinos de Patricia Field, as participações especiais (Myley Cyrus e Penelope Cruz) a excelência da química entre as protagonistas, as inúmeras referências ao universo feminino/gay (até Liza Minelli tem um momento de brilho...). Pra quem gosta é um prato cheio. Pra quem não tem paciência, é uma experiência torturante. Escolha seu time!

|

9 Comments


Eu gostei do SATC 1 e provavelmente vou gostar do dois. Aquele vizinho? OMG!


não vou ler seu texto pra não descobrir nada... assim que eu ver o filme eu volto aqui!


dá uma olhada no meu blog, no final da barra lateral, as minhas 'dicas' para comentários.

seu blog é bacana, mas comentar mais de uma postagem aqui é um festival de idas e vindas para a página principal. já pensou nisso? fica a dica.


Sex and The City é um de meus guilty pleasures!


cara, comentei sobre teu comentário lá no blog! leia lá!


Amigo,

ainda não conferi este, mas estou doido!

Preciso até rever o primeiro longa..

abraço


Sex and the city é o tipo de filme/série que você ama ou odeia, é como a OI ( simples assim). Sou suspeito, pois sou fanático; vejo e revejo episódios e o primeiro filme inúmeras vezes, e sempre que me dá vontade. Sex and the city é pra pessoas que tem um humor grandioso, decochado, sonhadores de 3ª e 4ª viagem (se é que me entende)...Melhor que Samanhta Jones, só MarquÊs de Sade kkk. Quinta assistirei o segundo, e volto aqui pra comentar! Abraço!


a forma como vc escreve é divertida, leve e inteligente!

Legal encontrar esse blog.


como prometido, voltei aqui após assistir ao segundo sex and the city... in the city! pois é, estava lá em nova iorque e aproveitei pra ir ao cinema conferir.

o resultado foi ótimo, me diverti bastante e ainda em ótima companhia.

não concordo contigo, pois eu achei samantha a mais envelhecida, principalmente na cena inicial do casamento em que ela está com a cara branca de maquiagem, bem diferente do pescoço e do resto do corpo.

além disso, concordo quando você comenta que é um episódio alongado pra série. eu sou fã da série e pra mim é sempre bacana vê-las juntas de novo.

Copyright © 2009 Lennys' Mind All rights reserved. Theme by Laptop Geek. | Bloggerized by FalconHive. Distribuído por Templates